O comércio varejista é um importante braço da economia brasileira porque ele movimenta financeiramente o brasileiro, além de empregá-lo. Um empreendedor sabe que para fazer seu negócio crescer ele deve agir com planejamento e ter conhecimentos de gestão. Ter lucro e aumentar essa margem de lucratividade é o objetivo para que se tenha sucesso no seu comércio. Uma das principais ferramentas em auxílio ao empresário varejista e a todo o seu comércio é o software de gestão.

Aperfeiçoamento do trabalho através da gestão de informações

Aquelas empresas que querem alcançar suas metas com dinamismo, saúde financeira e força de crescimento, utiliza programas baseados em sistema ERP para otimizar e administrar internamente os seus processos. A gestão do conhecimento, ou seja, de todo o conteúdo de informações que o comércio produz, deve ser compartilhado de maneira acessível por todas as equipes. A eficiência na gerência de atividades leva a economia dos profissionais em buscar informações que auxiliem a sua parte no trabalho.

Para que esta movimentação aconteça, esta empresa varejista deve passar por uma reestruturação profunda de todos os seus arquivos físicos e eletrônicos. O trabalho é aperfeiçoado quando as planilhas e relatório são gerados dentro dos softwares de gestão. A implantação desta cultura leva a segurança na preservação destes materiais, facilidade para consultar e identificar, além de proteger de compartilhamento indevido. Este último acontece porque níveis hierárquicos de acesso podem ser delimitados.

Eficiência em favor da diminuição de erros

Para que o comércio varejista cresça saudável e tenha o sucesso esperado, os gargalos de produção devem ser evitados. Isso porque torna tudo ineficiente e gerando desperdícios, tanto de capital como de recursos, sejam eles financeiros, humanos e de tempo. Por ter características de movimentação intensa, se este tipo de negócio não estiver atento a fluidez de seus processo, pode levar a falência. Dentro de uma empresa varejista tudo tem que funcionar como um relógio, certo e dinâmico.

Para ter garantia as decisões mais acertadas e fugir completamente da “cultura do achismo”, ter o auxílio de um software de gestão aponta para o futuro. Estes sistemas apresentam ferramentas capazes de fixar parâmetros que levam as melhores decisões, porque as informações são automáticas, em tempo real, seguras e oportunas. Decisões fundamentadas levam ao crescimento e sucesso da empresa. A melhora do desempenho de trabalho de todas as equipes passa por aqui, isso quer dizer sustentabilidade de negócio.

Definições de métricas que levam ao crescimento

Para fazer a correta leitura das informações dos softwares de gestão, o empresário tem que definir métricas, e as quatro principais para o varejo são: taxa de conversão, faturamento por PDV, faturamento por funcionário e faturamento por área física. Isso sem deixar de falar das métricas que devem ser dinamizadas para o estoque, logística, marketing e suprimentos. Todas elas colaboram para que os objetivos sejam alcançados e o planejamento estratégico deste comércio seja cumprido, o que leva ao crescimento e sucesso.

A taxa de conversão é a capacidade que o estabelecimento tem de transformar um cliente interessado nos produtos em de fato um comprador. Fazer a relação entre todas as pessoas que entram na loja com a quantidade de itens vendidos. Isso demonstra a capacidade de venda da empresa e ajustes podem ser tomados. A análise do faturamento leva a saber que áreas da empresa tem mais sucesso de vendas. Qual ponto de venda é mais rentável, que funcionário tem mais qualidade de serviço e que área tem sido mais bem explorada. Assim, ajustes certeiros podem ser feitos e o comércio irá funcionar muito mais coeso e saudável.

Conte com a ajuda de um sistema moderno e personalizado para cuidar dos seus negócios. Preencha o formulário de contato ou ligue para nós e conheça as vantagens de ter um varejo saudável e positivo!