Um novo ataque de ransomware chamado Bad Rabbit, o terceiro ataque global só em 2017, foi identificado após casos de infecção em empresas e instituições na Rússia e na Ucrânia e em ascensão para outros países, principalmente no Brasil, onde casos já foram relatados.

O malware bloqueia dados dos computadores (sequestros de dados), onde os cibercriminosos exigem 0,05 bitcoins como pagamento para liberar os arquivos.

Segundo análise da Kaspersky, fabricante russa de antivírus, o ataque não usa explorações (exploits), e sim as próprias vítimas baixam um falso instalador Adobe Flash Player de sites infectados e iniciam manualmente o vírus, infectando e criptografando os PCs de toda a rede.

Como se prevenir aos ataques?

  • Não realize qualquer atualização de softwares da Adobe, por agora.
  • Se utiliza Creative Cloud(CC) da Adobe desligue o sincronismo do mesmo.
  • Se infectado, não paguem o resgate, pois isso não garante que o acesso será restaurado.
  • Evite navegar em sites de baixa reputação ou abrir anexos de remetentes duvidosos para que Malwares não invadam, principalmente o Servidor.
  • Não utilizar o usuário com privilégios de administrador para trabalhar.
  • Realizar backup* no Ganso diário em unidade extra ao servidor (como HD externo e Pen Drive) e mantê-lo desconectado do computador após a gravação.
  • Além disso, é fundamental restringir o acesso aos Servidores, manter Sistema Operacional, Antivírus e Firewalls ativos e sempre atualizados.
  • Para maiores informações sobre a realização do backup no Ganso, entrar em contato com a central de Suporte Ganso Sistemas.
*Lembrando que a realização do backup do banco de dados é de responsabilidade do Cliente.